quarta-feira, 3 de setembro de 2014

ELA/ALS

           ELA/ALS - Desafio do gelo/ ALS Ice Bucket Challenge

esclerose lateral amiotrófica (ELA), também designada por doença de Lou Gehrig e doença de Charcot, é uma doença neurodegenerativa progressiva e fatal, caracterizada pela degeneração dos neurônios motores, as células do sistema nervoso central que controlam os movimentos voluntários dos músculos, e com a sensibilidade preservada.É a forma mais comum das doenças do neurônio motor e o termo esclerose lateral refere-se ao "endurecimento" do corno anterior na substância cinzenta da medula espinhal e do fascículo piramidal no funículo lateral da substância branca da medula, no qual se localizam fibras nervosas oriundas de neurônios motores superiores, formando o trato cortico-espinhal lateral.Os músculos necessitam de uma inervação patente para que mantenham sua funcionabilidade e trofismo, assim, com a degeneração progressiva dos neurônios motores (tanto superiores, corticais, quanto inferiores, do tronco cerebral e medula), ocorrerá atrofia por desnervação, observada, na clínica, como perda de massa muscular, com dificuldades progressivas de executar movimentos e perda de força muscular.
                                                                                                            Fonte:wikipedia

Stephen Hawking, uma das vítimas da esclerose lateral amiotrófica ou doença de Charcot.

Sintomas e evolução da doença


Trata-se de uma doença que acomete o sistema nervoso, até o momento irreversível, que incapacita o portador à medida que avança. A pessoa sente dificuldades de se locomover, comer, falar; perde habilidade dos movimentos, inclusive das próprias mãos, não consegue ficar de pé por muito tempo pois a doença acaba por afetar toda a musculatura. Geralmente atinge pessoas mais idosas, mas há casos de pessoas que apresentaram a doença na faixa dos 20 anos de idade.

À medida que a doença progride, geralmente depois da perda das habilidades de locomoção, fala e deglutição, o doente acaba por falecer, se não for submetido a tratamento, de incapacidade respiratória quando os músculos associados à respiração são afetados.

É preciso que o paciente a partir de um determinado estágio da doença, seja acompanhado de perto por outra pessoa em função da incapacidade de executar as suas tarefas rotineiras. Como a doença não afeta as suas capacidades intelectuais, o paciente percebe tudo que acontece a sua volta, vivencia, por isso, lucidamente a doença e a sua progressão, havendo porém dificuldades de comunicação com outras pessoas, caso já exista comprometimento dos músculos da fala

Desafio do Gelo
#EllenCastro
O desafio do gelo consiste tomar um banho cheio de gelo em troca de uma doação para uma fundação que tratasse de Ela/Asl ou postar um vídeo nas redes sociais virando um balde de água com gelo sobre a cabeça. Mas a maioria das pessoas acabou fazendo as duas coisas.
Esse desafio sem já arrecadou mais de US$ 30 milhões, e com toda certeza vai ajudar e muito para a pesquisa de um tratamento, e sem dúvida, foi uma ótima iniciativa.



4 comentários:

  1. ELA é muito triste :(
    eu não tive a oportunidade de fazer o Ice Bucket Challenge
    mas admiro quem fez é uma ótima forma de chamar atenção pra uma causa tão importante.
    http://heyjessyblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é realmente é uma doença bem triste mesmo, mas ainda bem que existem recursos para que possamos dar uma atenção a mais por essa causa.

      Excluir
  2. Apesar de triste é muito importante tratarmos isso , seu blog é diversificado eu adore te seguindo ....

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! :)